Você tem fome e sede de quê?

 

Em nosso país utilizamos a expressão “fominha” para designar alguém que gosta tanto de algo ao ponto de estar sempre em busca do seu objeto de desejo. Em nosso município ainda é comum ouvir dizer que alguém é “fome” quando, por exemplo, está sempre nos campos e quadras de futebol em busca de um jogo e, principalmente, quando tal pessoa é individualista e não costuma tocar a bola para ninguém.

Certamente, tanto você quanto eu temos fome e sede de alguma coisa; daquilo que desejamos ardentemente. E aqui cabe a pergunta: você tem fome e sede de quê?

Ao ler um dos livros do Dr. Lloyd-Jones (Estudos no Sermão do Monte), observei algumas coisas que são muito procuradas pelos homens na igreja, mas que não são capazes de satisfazê-los. Vejamos tais coisas.

As pessoas têm chegado à igreja em busca da felicidade a qualquer custo; mas a Bíblia não nos exorta a ter fome e sede de felicidade; outros chegam em busca de bênçãos e parece que é somente isto que procuram, mas a Bíblia não nos orienta a ter fome e sede de bênçãos. Alguns vêm à procura de experiências, buscando êxtase e fortes emoções, mas a Palavra do Senhor não nos ensina a termos fome e sede de experiências.

A Palavra do Senhor nos ensina a termos fome e sede de justiça (Mt. 5:6). Este deve ser o anelo e o desejo de todo o verdadeiro crente em Cristo Jesus. Ter fome e sede de justiça significa odiar o pecado e afastar-se dele; significa desejar ver-se livre do próprio “eu”; é colocar as coisas de Deus e o nosso próximo antes de nós mesmos. O homem que tem fome e sede de justiça procura parecer cada vez mais com o Senhor Jesus.

As pessoas que buscam estas características recebem a felicidade do Senhor, pois elas são declaradas bem-aventuradas e são saciadas e fartas pelo próprio Senhor. Não podemos colocar a felicidade e a satisfação pessoal antes da justiça de Deus. Mas quando anelamos profundamente o Senhor, o seu reino e a sua justiça recebemos aquilo que o mundo sempre procura e nunca encontra: a felicidade e a fartura.

Se estamos olhando para nossas vidas com as lentes do desânimo, da insatisfação, da inveja e da murmuração, o Senhor Deus nos desafia a buscarmos a Ele e a o seu reino e quando fizermos isto de verdade passaremos a ver o mundo com as lentes da felicidade e da satisfação.

Mateus 6:33 – “Buscai pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”

Salmos 42:1,2 – “Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim, por ti, ó Deus, suspira a minha alma. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s