Indicações Teológicas para a Black Friday!

Indicações Teológicas para a Black Friday.

black friday

 

Tendo em vista a oportunidade imensa de descontos para a compra de livros teológicos na Black Friday (seja em kindle, pdf ou livro físico), e levando-se em conta a sugestão de meu irmão Fábio Camurça Furtado, indico abaixo alguns livros que considero importantes dentro de algumas categorias teológicas. A lista não é exaustiva, tampouco é definitiva, muito menos é acadêmica. Toma como fundamentação, puramente, as minhas inclinações e predileções teológicas. Algumas das obras não foram lidas por mim, mas diante das indicações de outros colegas e das principais bibliografias são aqui elencadas.  A lista não seguirá a ABNT. Colocarei o título do livro no início, com o nome do autor entre parênteses e um breve comentário sobre a obra entre colchetes:

 

HERMENÊUTICA:

Vivendo na Palavra (Howard G. Hendricks & William D. Hendricks). Segunda Edição. São Paulo: Editora Batista Regular, 2010, 312 pp. [Livro didático com muitos insights introdutórios sobre interpretação de textos, técnicas de leitura com o foco voltado para as Escrituras].

Como estudar a Bíblia sozinho (Tim LaHaye). Quinta Edição. Venda Nova, MG: Editora Betânia, 1984. [técnicas de estudo bíblico. Bem mais básico que o “Vivendo na Palavra”, mas com recursos para memorização, estudo livro a livro, ficha didática para catalogação, etc.].

A Interpretação Bíblica (Roy Zuck). São Paulo: Vida Nova, 1994, 360 pp. [Um manual mais completo e focado em Hermenêutica, preparado por um erudito do Seminário Teológico de Dallas, nos EUA].

Entendes o que lês? (Gordon Fee & Douglas Stuart). 3ª Ed. São Paulo: Vida Nova, 2011, 336 pp. [Um manual mais completo, escrito por um erudito do AT- Stuart – e um erudito do NT – Fee. Neste livro os autores exploram os diversos gêneros literários contidos no cânon das Sagradas Escrituras. Um livro indispensável].

Introdução à Hermenêutica Bíblica (Walter Kaiser, Jr. & Moisés Silva). São Paulo: Cultura Cristã, 2002, 288 pp. [Na mesma linha de Entendes o que lês, com um erudito do AT – Kaiser – e um erudito do NT – Silva. Apresenta prolegômenos à Hermenêutica. Um foco maior é dado aos gêneros literários, com espaço para aplicações mais específicas. A inclinação teológica dos autores é bem mais reformada].

Os Perigos da Interpretação Bíblica (D. A. Carson). São Paulo: Vida Nova, 2001, 144 pp. [Um baita estudo sobre falácias exegéticas e como evitá-las].

A Bíblia e Seus intérpretes: uma breve história da interpretação (Augustus Nicodemus Lopes). São Paulo: Editora Cultura Cristã, 2004, 288 pp. [trata-se de um panorama da história da Hermenêutica, com atualizações sobre a hermenêutica desconstrucionista. Escrito de forma didática, coesa e prática].

A Espiral Hermenêutica (Grant Osborne). São Paulo: Vida Nova, 2009, 768 pp. [Hermenêutica avançada, apresentando como tema a ideia de que a hermenêutica sempre abre novas projeções interpretativas, mas que sempre devem estar fincadas em bons alicerces de Teologia Bíblica, Teologia Sistemática, Teologia Histórica, Sistemática, Homilética, voltando novamente para a Teologia Bíblica, em uma espiral crescente. Um livro necessário para estudos em nível de pós-graduação teológica].

Há um Significado nesse texto? (Kevin Vanhoozer) São Paulo: Vida, 2005, 664 pp. [Um livro de difícil leitura, com grande interface entre Linguística, Teologia e Filosofia, o livro se propõe a defender a intenção autoral, o significado intrínseco ao próprio texto, fazendo um amplo contraste com as abordagens pós-estruturalistas. Eis uma boa forma de ver as relações autor-texto-leitor. Um livro de difícil leitura, que exige domínio de ferramentas teológicas e filosóficas. Imprescindível para estudos pós-graduais em diversas áreas que lidam com a hermenêutica de textos.]

Convite à Interpretação Bíblica: a tríade hermenêutica – história, literatura e teologia (Andres J. Köstenberger & Richard D. Patterson). São Paulo: Vida Nova, 2015, 800 pp. [Um livro de hermenêutica intermediária/avançada escrito por um especialista do NT – Köstenberger – e um do AT – Patterson. Apresenta a ideia de uma hermenêutica tridimensional que sempre explora aspectos históricos, literários e teológicos. O livro tem seu foco nos estudos literários e tem grande relação com A Espiral Hermenêutica, de Osborne, e com Os Perigos da Interpretação Bíblica, de Carson].

 

TEOLOGIAS BÍBLICAS DO ANTIGO TESTAMENTO

– O PLANO DA PROMESSA DE DEUS: Teologia Bíblica do Antigo e Novo Testamentos. (Walter Kaiser, Jr.) São Paulo: Vida Nova, 2011, 520 pp. [Uma bela teologia abrangendo o Antigo e o Novo Testamento. Trata-se de uma expansão de seu livro Teologia do Antigo Testamento. Aplicando a epangelia – promessa como centro unificador das Escrituras –  a todo o corpo escriturístico].

– Teologia do Antigo Testamento (Bruce Waltke) São Paulo: Vida Nova, 2015, 1232 pp. [Não li, mas Waltke dispensa apresentações].

Teologia do Antigo Testamento (Eugene H. Merrill). São Paulo: Shedd Publicações, 2009, 624 pp. [Merrill, erudito do Seminário Teológico de Dallas segue com uma ênfase similar à de Walter Kaiser, porém com um foco maior no contexto histórico].

Revelação Messiânica no Antigo Testamento (Gerard van Groningen). 2ª Ed. São Paulo: Cultura Cristã, 2003, 976 pp. [Escrito de uma perspectiva reformada, o autor trata do desdobramento do conceito de Messias ao longo de todo o Antigo Testamento. Um livro mais erudito].

 

TEOLOGIAS BÍBLICAS DO NOVO TESTAMENTO

– Teologia do Novo Testamento (George Eldon Ladd). São Paulo: Hagnos, 2003, 904 pp. [Livro consagradíssimo como livro-texto de TNT nos principais seminários do Brasil e dos EUA. Aqui você aprenderá sobre a teologia do Reino, era vindoura, era porvir, “já” e “ainda não”, história da redenção, etc. Eis aqui um trabalho de um grande escritor e teólogo refinado].

– Teologia do Novo Testamento (Frank Thielman). São Paulo: Shedd Publicações, 2007, 904 pp. [Uma Teologia Bíblica que segue uma abordagem canônica, seguindo livro por livro do Novo Testamento].

Teologia Bíblica do Novo Testamento (G. K. Beale). São Paulo: Vida Nova, 2018, 896 pp. [Uma excelente abordagem de uma perspectiva aliancista].

 

TEOLOGIA SISTEMÁTICA

Teologia Sistemática (Millard J. Erickson). São Paulo: Vida Nova, 2015, 1232 pp. [O incomparável Erickson figura entre os principais teólogos sistemáticos do mundo ainda vivos. Sua abordagem sintética não é simplista. É leitura indispensável para todos os teólogos, inclusive os bíblicos].

Teologia Sisemática: atual e exaustiva (Wayne Grudem). São Paulo: Vida Nova, 1999. [Grudem é um dos teólogos mais didáticos e versáteis vivos da atualidade. Também é uma TS indispensável para todos os teólogos, inclusive para os fãs de Erickson].

Dogmática Reformada (Herman Bavinck) 4 volumes. São Paulo: Cultura Cristã2012. [Em termos de erudição, este apanhado é o que se tem de melhor no campo das teologias sistemáticas reformadas].

Teologia Sistemática, histórica e filosófica. (Alister McGrath). São Paulo: Shedd publicações, 2005, 664 pp. [o maior polímata do meio teológico. Ele consegue dialogar bem com várias abordagens teológicas, com profundidade e numa linguagem acessível].

Teologia Sistemática, bíblica e histórica (Robert D. Culver). São Paulo: Shedd Publicações, 2012, 1536 pp. [Uma abordagem mais prolixa, porém muito citada e de grande relevância].

Teologia Sistemática. (Franklin Ferreira & Allan Myatt). São Paulo: Vida Nova, 2007. (Certamente é a melhor TS brasileira).

 

Bem, espero que esta minha lista tenha sido de ajuda para vocês. Boas compras. Ah! Não se esqueçam de mim. Feliz Black Friday!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s